sábado, 3 de agosto de 2013

Décima Rodada!

Finda a décima rodada e o Botafogo aparece como líder do Campeonato, seguido coladinho pelo Coxa, que vem fazendo um campeonato surpreendente regido pela maestria do meia Alex, e completando o G-4 vem em terceiro o time do Bahia e o Cruzeiro. Ao fim da rodada os que se encontram no Z-4 são Náutico, Portuguesa, São Paulo e Flamengo. 

A Rodada foi marcada pela estreia de Luxemburgo no comando do Fluminense e pelo resultado positivo alcançado pelo clube depois de um longo período de derrotas consecutivas.

O melhor jogo da rodada, com toda certeza, foi Coritiba x Ponte Preta, onde mais uma vez o Coxa se sagrou vencedor pelo placar de 5 x 3, foi um jogo aberto onde as equipes se lançaram ao ataque buscando o resultado a todo instante. Quero parabenizar o time da Ponte, a macaca, por ter jogado de igual pra igual com o Coxa que vem sendo a sensação do campeonato até o momento, seguido talvez pelo Bahia.

Jogos que vi!

Pode parecer engraçado, mas nessa rodada tive a oportunidade de ver os jogos de todos os times do Rio, no caso, Fluminense x Cruzeiro, Flamengo x Bahia, Botafogo x Vitoria e Vasco x Goiás, e nesses jogos percebi que nem tudo esta perdido para os times Cariocas, é perceptível uma melhora em termos táticos, nesse caso se exclui o Botafogo, pois o mesmo já vinha muito bem no campeonato e entre os Cariocas com certeza é o melhor em minha opinião.

Fluminense x Cruzeiro

Com a chegada do Luxemburgo o Flu, mudou um pouco seu estilo de jogo, “ressuscitou” Diguinho no meio campo que não vinha sendo utilizado por Abel, e armou o time no meio campo como um Losango deixando o Deco livre pra criar. Porém o domínio do Cruzeiro foi evidente em praticamente todo o primeiro tempo e o que se imaginava que logo sairia o gol e decretaria mais uma derrota para o time das laranjeiras
Com a entrada de Felipe, ainda no primeiro tempo no lugar de Deco “machucado”, o time melhorou e muito, com direito a Fred desperdiçar um pênalti no finzinho do primeiro tempo, méritos a Fabio, goleiro do Cruzeiro, que fez 2 milagres em consecutivo.

O Flu, sagrou-se vencedor ao final com um gol achado por Fred, sempre estando no lugar certo na hora certa. Em minha opinião se o Fluminense jogou melhor do que nas partidas anteriores, porém ainda é muito pouco para o elenco que tem.

Bahia x Flamengo

O Flamengo foi a Salvador empolgado com o empate nos últimos minutos no clássico contra o Botafogo, porém o que achou na Arena Fonte Nova foi um Bahia bem armado taticamente esperando o Flamengo, e saindo no contra ataque com qualidade.

O time do Flamengo perde muito em criação quando inicia seus jogos sem o Gabriel, e no jogo dessa quarta-feira, talvez impulsionado por sua atuação contra o botafogo o Mano começou o jogo com Adryan, que a minha visão tem se mostrado extremamente útil, porém entrando no segundo tempo. O camisa 10 do Flamengo é o cérebro do time sem ele, o sistema tático do Mano perde a efetividade. Mas tem que deixar uma coisa bem clara, o Bahia foi superior ao flamengo durante todo jogo, Cristovão Borges vem fazendo milagre com o time baiano.

Botafogo x Vitoria

No outro jogo entre baianos e cariocas, os cariocas levaram a melhor. O Leão, tentou usar da mesma tática que o Tricolor Baiano no jogo do dia anterior, esperar o Botafogo e sai no contra ataque usando a velocidade de Escudeiro, Max e Renato Cajá, contudo o Botafogo não deu chances ao Vitoria, e sobre o comando dentro de campo de Seedorf conseguiu envolver o adversário com um bom toque de bola, imprensando o Vitoria no campo de defesa e fazer o resultado positivo.

Goiás x Vasco

O jogo foi frustrante para o torcedor do Vasco, pois ninguém gosta de levar o empate aos 41 do segundo tempo, porém mesmo sem Juninho em campo o Vasco conseguiu, pelo menos por 20 minutos, manter um padrão de toque de bola e abrir o placar.

O que me parece é que o time do Vasco tem um complexo de inferioridade, pois quando ele começa a ser pressionado em campo ele não consegue se impor como time grande e se propõe somente a se defender para não levar gol segurando o resultado.

O time do Goiás teve como diferencial seu atacante o Walter que atormentou a zaga do vasco durante todo o jogo pela direita nas costas do lateral Yotun, e foi contemplado com um pênalti no final de jogo livrando o time da derrota em casa.

À torcida do vasco posso dizer que alegre-se o time vem numa ascendente impressionante, pois diferente de antes o time já tem um sistema tático definido e o trabalho de Dorival começa a aparecer, mas se realmente almejar algo mas que o meio de tabela no campeonato tem muito a melhorar.

Até a 11º rodada e bom fim de semana e todos.



Igor Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário