quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Tapetão em Campo ...

Para quem achou que o CB 2013 acabaria no dia 08 de dezembro, vai perceber que está severamente enganado. O famoso TAPETÃO entrou "em campo" para fazer possíveis modificações nas posições em que os times terminaram o campeonato.

Então você deve está se perguntando, o que esse cara está dizendo? Eu lhe respondo. Para minha surpresa ao ligar a TV hoje pela manhã vejo a seguinte noticia "Revira Volta no Brasileiro: Flamengo e Portuguesa podem ser rebaixados", aquilo me intrigou e me fez assistir.

De acordo com o jornal em questão, a Portuguesa e o Flamengo podem perder 4 pontos devido à escalação de jogadores que estavam suspensos por 2 partidas, deixando os clubes em questão com 44 e 45 pontos respectivamente, ainda vinculado a isso, o Vasco move um processo para ganhar os 3 pontos do jogo contra o Atlético Paranaense, ficando assim com 47, rebaixando a Portuguesa e o Flamengo.

No meu ponto de vista o caso da Portuguesa é mais complicado, pois o jogador foi Everton foi expulso após o fim da partida contra o Bahia, e teria sido julgado a pegar 2 jogos de suspensão e cumpriu apenas 1, pois entrou no final do jogo da ultima rodada contra o Grêmio. Apesar de não ser o time que considerado como pequeno no Estado de São Paulo, a perda dos pontos resultaria na permanência do Fluminense na Serie A. A parte em que a historia começa a ficar estranha, é quando o Advogado da Portuguesa diz que o jogador pegou apenas 1 jogo de suspensão. Duas perguntas ficam no ar: Será que um time de certa tradição e experiência, escalaria um jogador irregular sabendo das consequências? Poderia o tribunal está arrumando subterfúgios para livrar o Fluminense do rebaixamento?

O fato de colocar o Flamengo neste meio – sendo que o André Santos foi expulso num jogo da Copa do Brasil e estamos falando do Campeonato Brasileiro e no pouco que eu sei, mesmo sendo competições de caráter nacionais elas são diferentes no seu regulamento e consequentemente no seu julgamento – seria uma maneira de disfarçar esta armação para os críticos e para imprensa, principalmente pelo fato do risco do rebaixamento do Flamengo depender do resultado da ação do Vasco contra o Atlético, que no meu ponto de vista não vai a frente, sendo assim o Flamengo perderia seus pontos, juntamente com a Lusa, permaneceria na serie A, a Lusa estaria rebaixada e o Fluminense salvo.

Sei que é muito fácil cogitar ou falar de conspiração, mas respondendo meu questionamento anterior, eu não acho possível que uma comissão técnica seria tão incompetente de escalar um jogador sabendo que ele está suspenso. Fica a suspeita no ar, e nos resta apenas esperar o resultado, e torcer para que estas ações tomadas, sejam elas quais forem, respeitem a ética do futebol.

Bom Dia.

Igor Melo

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Rebaixamento CB 2013

Peço desculpas por não citar os rebaixados no post de ontem, pois tinha que expressar minha revolta com as ações criminosas dos marginais que se fingem de torcedores. Mas fui lembrado por um Anônimo, que esse assunto não foi abordado.
O ano de 2013 ficou marcado pela gestão das diretorias, para lado bom e para lado ruim, prova disso é o Cruzeiro Campeão Brasileiro e o Atlético Mineiro Campeão da Libertadores, prova disso é o Vitoria, que tem uma das melhores estruturas do país brigando até a ultima rodada por uma vaga na libertadores, mostrando que o planejamento da diretoria também ganha títulos. Por outro lado, como explicar o milionário clube do Fluminense, financiado pela Unimed, sair do status campeão do CB de 2012, para rebaixado para serie B em 2013, a resposta é simples má gestão da diretoria.
O CB de 2013 mostrou a fragilidade do futebol carioca, pois teve 02 dos seus grandes clubes rebaixados para a segunda divisão, sendo no caso em questão o Vasco da Gama e o Fluminense, juntamente com Náutico e Ponte Preta.
Eu poderia questionar os motivos e os erros pelo qual os times foram rebaixados, porém prefiro deixar como exemplo o Atlético Paranaense, do Vitoria da Bahia e do Goiás que vieram da serie B em 2012 e fizeram um belíssimo CB e no caso do atlético foi finalista da Copa do Brasil. O exemplo que quero ressaltar, é que os times considerados grandes têm que aproveitar essa queda para reestruturar o clube, pagar suas dividas, montar um elenco competitivo para voltar à elite do futebol no ano seguinte, e principalmente montar uma estrutura onde a humilhação do rebaixamento seja futuramente vista como ponto inicial para a criação de uma equipe vencedora, que é o que os torcedores esperam.
*
*
*
*
*
Falando como torcedor agora, sou vascaíno, meu time foi rebaixado por incompetência da direção sim, pelo fato de não ter ocorrido reposição de maneira eficiente dos jogadores vendidos da temporada de 2011/2012, onde o clube teve um belo desempenho no cenário nacional. A diretoria de hoje é a mesma que pego o time no fundo do poço em 2009 e levou ao titulo da Copa do Brasil de 2011 ao vice campeonato de CB do mesmo ano e as quartas de final da libertadores de 2012. Assim, o que quero ressaltar é que a memória do torcedor é curta, claro que houve erros, mas de maneira nenhuma se deve cogitar a volta de Eurico Miranda como certos torcedores bradavam nos estádios, é uma imbecilidade achar que em 4 anos o R. Dinamite afundou o Vasco sendo que durante quase uma década o Eurico acabou não só com a parte financeira mais também com a integridade moral de um clube de tradição como o Vasco sempre foi. A herança das fraudes feitas pela gestão anterior reflete hoje em dia através de dividas gigantescas em todas as instâncias do futebol. Concluindo, se a torcida realmente ama o Vasco e deseja mudanças, vote numa renovação, não em um cartola que tem por objetivo enriquecer novamente à custa do clube.

Bom Dia


Igor Melo

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Ultima Rodada do Brasileirão

Dia 08 de dezembro de 2013, ultima rodada do Brasileirão 2013 onde o Cruzeiro se sagrou campeão com larga vantagem e com algumas rodadas de antecipação. Nada com certeza tirará o brilho do esplêndido campeonato feito pelo cruzeiro e dos subseqüentes times classificados para a libertadores do ano de 2014. 

Porém é difícil para qualquer torcedor realmente apaixonado por futebol, ligar a sua televisão no dia posterior a essa ultima roda e em 6 canais diferentes a reportagem principal é sobre ato criminoso de vandalismo ocorrido no jogo entre Atlético Paranaense e Vasco da Gama. Nos programas esportivos de hoje, as famosas mesas redondas, se fizeram presentes Delegado de Policia Civil, Tenente-coronel da Policia Militar e Promotor do Ministério Publico, dando explicações do porque de tanta violência, da falta de segurança dos estádios, da dificuldade de condenar os culpados entre outras assuntos não necessariamente ligados ao futebol.

Lendo alguns comentários em sites que relataram a confusão generalizada, havia torcedores dizendo: "É bom que os gringos vejam isso, pra saber que no Brasil se a gente não ganhar em campo, ganhamos na pancada" ou "Os Hermanos que se preparem porque vão tomar "bico" nas "fuças" se sonharem em ganhar de nos no Maracanã lotado", ai eu me pergunto o que é ser um torcedor na mente de determinadas pessoas? Ou melhor, o que ser um cidadão?
Eu sou Vascaíno assumido com muito orgulho, porém senti vergonha de ser vendo aquelas cenas, pegando uma frase do Sr. Presidente Roberto Dinamite, não importava mais cair ou permanecer na Serie A, pessoas corriam risco de morrer, devido aquela briga sem motivo ou mínimo sentido, tanto que o resultado é um jovem de 19 anos com uma séria fratura no crânio, pois foi pisoteado, já desacordado diga-se de passagem, por torcedores do Vasco.

 Respondendo minha própria pergunta, falta educação para nosso povo, faltam bons exemplos, lutar por suas ideologias não necessariamente quer dizer matar por causa delas, ainda mais quando a ideologia em questão é o sentimento por um esporte que o intuito é levar a felicidade e entreter as pessoas através da paixão por seus respectivos clubes, lutar por seu clube não é entrar em brigas com barras de ferro em punho como se fosse um cavaleiro templário em busca do "graal" ou um revolucionário em busca de liberdade, lutar por seu clube é simplesmente amá-lo e apoiar das arquibancadas da alegria ou na dor, honrar a camisa do seu clube nunca será usá-la como estandarte de guerra, é simplesmente vesti o seu uniforme e sentir completamente orgulhoso por estar vestindo aquele manto que pra você é sagrado, por fim sofrer pelo clube nunca deveria significar ser pisoteado e golpeado na cabeça, deixo aqui o meu sincero repudio as ações de não só as torcidas organizadas que entraram em conflito na tarde de ontem, mas a todas as ORGANIZADAS, que dão um brilho gigantesco ao esporte, que deixam verdadeiros marginais se infiltrar no seu meio e praticar esse tipo de delito dentro e fora dos estádios.

Parabéns Cruzeiro Campeão!!

Igor Melo