terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Rebaixamento CB 2013

Peço desculpas por não citar os rebaixados no post de ontem, pois tinha que expressar minha revolta com as ações criminosas dos marginais que se fingem de torcedores. Mas fui lembrado por um Anônimo, que esse assunto não foi abordado.
O ano de 2013 ficou marcado pela gestão das diretorias, para lado bom e para lado ruim, prova disso é o Cruzeiro Campeão Brasileiro e o Atlético Mineiro Campeão da Libertadores, prova disso é o Vitoria, que tem uma das melhores estruturas do país brigando até a ultima rodada por uma vaga na libertadores, mostrando que o planejamento da diretoria também ganha títulos. Por outro lado, como explicar o milionário clube do Fluminense, financiado pela Unimed, sair do status campeão do CB de 2012, para rebaixado para serie B em 2013, a resposta é simples má gestão da diretoria.
O CB de 2013 mostrou a fragilidade do futebol carioca, pois teve 02 dos seus grandes clubes rebaixados para a segunda divisão, sendo no caso em questão o Vasco da Gama e o Fluminense, juntamente com Náutico e Ponte Preta.
Eu poderia questionar os motivos e os erros pelo qual os times foram rebaixados, porém prefiro deixar como exemplo o Atlético Paranaense, do Vitoria da Bahia e do Goiás que vieram da serie B em 2012 e fizeram um belíssimo CB e no caso do atlético foi finalista da Copa do Brasil. O exemplo que quero ressaltar, é que os times considerados grandes têm que aproveitar essa queda para reestruturar o clube, pagar suas dividas, montar um elenco competitivo para voltar à elite do futebol no ano seguinte, e principalmente montar uma estrutura onde a humilhação do rebaixamento seja futuramente vista como ponto inicial para a criação de uma equipe vencedora, que é o que os torcedores esperam.
*
*
*
*
*
Falando como torcedor agora, sou vascaíno, meu time foi rebaixado por incompetência da direção sim, pelo fato de não ter ocorrido reposição de maneira eficiente dos jogadores vendidos da temporada de 2011/2012, onde o clube teve um belo desempenho no cenário nacional. A diretoria de hoje é a mesma que pego o time no fundo do poço em 2009 e levou ao titulo da Copa do Brasil de 2011 ao vice campeonato de CB do mesmo ano e as quartas de final da libertadores de 2012. Assim, o que quero ressaltar é que a memória do torcedor é curta, claro que houve erros, mas de maneira nenhuma se deve cogitar a volta de Eurico Miranda como certos torcedores bradavam nos estádios, é uma imbecilidade achar que em 4 anos o R. Dinamite afundou o Vasco sendo que durante quase uma década o Eurico acabou não só com a parte financeira mais também com a integridade moral de um clube de tradição como o Vasco sempre foi. A herança das fraudes feitas pela gestão anterior reflete hoje em dia através de dividas gigantescas em todas as instâncias do futebol. Concluindo, se a torcida realmente ama o Vasco e deseja mudanças, vote numa renovação, não em um cartola que tem por objetivo enriquecer novamente à custa do clube.

Bom Dia


Igor Melo

2 comentários: